REGISTRO BRASILEIRO DE SÍNDROME DE SJÖGREN

Resumo: A síndrome de Sjögren é uma doença inflamatória crônica autoimune com manifestações glandulares, principalmente salivares e lacrimais, e manifestações extraglandulares, acometendo especialmente articulações, sistema nervoso e pulmões, além predispor ao maior risco de linfoma. É dita primária quando não se associa a outra doença auto-imune.
Sua apresentação clínica é pleomórfica dificultando o diagnóstico. Não há nenhum sinal, sintoma ou teste que seja exclusivo para essa síndrome. Por isto ao longo dos anos muitos critérios diagnósticos diferentes foram criados. O mais recente é o novo consenso americano-europeu.
Estudos epidemiológicos e clínicos de coortes de diversos países foram estudadas, permitindo caracterizar manifestações clínicas, validar medidas de atividade de doença, índices de dano, perfil histológico de biópsias de glândulas salivares entre outros índices. Apesar de o Brasil colaborar em vários estudos multicêntricos internacionais, não há na literatura nenhum dado de coortes brasileiras de Síndrome de Sjögren.

Data de início: 2019-02-05
Prazo (meses): 60

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Colaborador Érica Vieira Serrano
Coordenador Valéria Valim Cristo
Pesquisador Maria Carmen Lopes Ferrira Silva Santos
Vice-Coordenador SAMIRA TATIYAMA MIYAMOTO
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105